Por onde vai a economia portuguesa
Nov, 27, 2019 / Nov, 27, 2019

. ORDEM DOS ECONOMISTAS

DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO E ALENTEJO

 

ECONOMIC TALKS

 

“Por onde vai a economia portuguesa”

 

Participantes: João Salgueiro, João Ferreira do Amaral, José Manuel Félix Ribeiro, Vítor Santos, Mário Caldeira Dias.

 

Apresentação: António Mendonça, Presidente da DRCA

Moderador: António Rebelo de Sousa, Direção da DRCA

 

 

Em outubro e novembro de 2019, comemoram-se 50 anos das 1ª e 2ª edições do livro Por onde vai a economia portuguesa, da autoria de Francisco Pereira de Moura, economista, Professor do antigo ISCEF, atual ISEG, opositor ao regime político de Salazar e Caetano, ministro dos governos provisórios saídos do 25 de abril de 1974 e, sobretudo, uma das maiores referências para a formação de sucessivas gerações de economistas que encontraram no seu trabalho de investigação e de docência, uma porta aberta às grandes inovações teóricas e metodológicas que se desenvolveram a partir do final da segunda guerra mundial, como a análise macroeconómica e a política económica keynesianas, a econometria, as questões do planeamento e do desenvolvimento, a correção das desigualdades e assimetrias, sem esquecer o papel da inovação e do empreendedorismo, enquanto vectores de reforço do tecido empresarial e de competitividade externa do país.

 

O livro, cujas primeiras edições agora se pretende evocar, constitui um marco na análise económica em Portugal, tendo contribuído decisivamente, não apenas para o desenvolvimento de uma consciência crítica relativamente aos bloqueios que a economia portuguesa enfrentava na viragem da década de 60 para a década de 70 do século passado, mas sobretudo para a teorização da necessidade de romper com um modelo económico que vigorava até então  e que, cada vez mais, se revelava incapaz  de gerar resposta aos novos desafios colocados pela abertura das economias e, em particular, pelas dinâmicas de integração europeia que então se desenvolviam com grande sucesso e que ameaçavam deixar Portugal ainda mais para trás, face aos restantes países europeus.

 

Em larga medida, aquilo que viria a passar-se com a economia portuguesa, na sequência das transformações políticas ocorridas com o 25 de abril de 1974, em particular  a opção de integração europeia, encontra uma referência fundadoura no livro de Pereira de Moura e daí a importância que é atribuída a esta obra, inevitavelmente invocada sempre que a economia portuguesa se confrontava com situações de bloqueio ou de necessidade de optar entre percursos estratégicos diferenciados.

 

Cinquenta anos passados, a questão colocada pelo livro de Pereira de Moura volta a ser de uma atualidade gritante. Confrontado com dinâmicas novas e de consequências desconhecidas, a médio e a longo prazos, na Europa, no Mundo, nas relações entre países, no papel das instituições internacionais e na sua própria economia e sociedade, Portugal necessita de refletir sobre onde está e para onde quer ir, que papel pretende desempenhar na economia global, como potenciar a sua integração ibérica e europeia, como valorizar a CPLP, como enfrentar os desafios demográficos internos, como reencontrar o caminho de um crescimento sólido e sustentado.

 

Pensamos que a evocação dos cinquenta anos da edição do  livro de Francisco Pereira de Moura, Por onde vai a economia portuguesa, para além da homenagem que é prestada à obra e ao seu autor, pode ser um bom pretexto para promover a reflexão entre os economistas sobre estes e outros temas que a economia portuguesa suscita, na sua situação atual. E é isso, precisamente, que a Direção da Delegação Regional do Centro e Alentejo da Ordem dos Economistas tem em mente ao promover o debate que terá lugar na sede da Ordem, no próximo dia 27 de novembro, tendo para o efeito convidado um naipe de colegas que dispensam apresentação, e que representam uma geração formada e influenciada pela ação teórica e prática de Francisco Pereira de Moura.

 

Neste sentido, vimos convidar os colegas a participar na sessão/debate sobre o tema Para onde vai a Economia Portuguesa", que terá lugar, como foi dito, no dia 27 de novembro, com início às 18h00, na Sede da Ordem dos Economistas - Rua Ivone Silva, 6 – 5º - Edf. ARCIS – 1050-124 Lisboa.

 

A iniciativa insere-se no projeto "Economic Talks", da Delegação do Centro e Alentejo da Ordem dos Economistas, que visa promover o debate sobre temas candentes da economia portuguesa, europeia e global. O convite é extensivo a não-membros da Ordem.

 

A Direção da Delegação Regional do Centro e Alentejo Ordem dos Economistas

 


Local: Sede da Ordem

Morada: Rua Ivone Silva, 6 - 5º - Edf. ARCIS - 1050-124 Lisboa

Contactos
geral@ordemeconomistas.pt
Telf.: 213 929 470
Fax: 213 961 428
Rua Ivone Silva, Edifício Arcis, Nº 6 - 5º andar
1050-124 LISBOA
PORTUGAL
Horário dos serviços: Dias úteis (9h-13h / 14h30- 17h30)  Contactos dos Serviços:Telefones
Contacte-nos
para qualquer informação
newsletter
fique a par das últimas notícias