MDevNet, Rede Nacional de Transferência de Conhecimento de Dispositivos Médicos
Jan, 22, 2018
O projeto MDevNet, promovido pela Associação Fraunhofer Portugal, visa contribuir de forma significativa para criar uma envolvente mais favorável à atuação das empresas na indústria dos Dispositivos Médicos de Base Tecnológica, criando uma iniciativa piloto nas Regiões Norte e Centro que possa vir a ser replicada em todo o país, de uma rede colaborativa que irá demonstrar um modelo de desenvolvimento colaborativo integrado com mecanismos de transferência do conhecimento ágeis e eficazes para os novos desafios da indústria.

 

Nuno Felício, New Business Development Coordinator na Fraunhofer Portugal

 

"O projeto MDevNet tem como objetivo a valorização do conhecimento desenvolvido na área dos Dispositivos Médicos de Base Tecnológica, estabelecendo sinergias e promovendo atividades conjuntas entre os diversos stakeholders envolvidos no processo de transferência de tecnologia e valorização de conhecimento na área dos dispositivos médicos de base tecnológica em Portugal, e demonstrando uma nova abordagem para essa transferência de tecnologia que assenta em iniciativas coletivas para suplantar as barreiras que afetam a indústria nacional nesta área do conhecimento.

 

A missão deste projeto converge com a própria missão do programa COMPETE 2020 ao ter como finalidade o estímulo, criação e agregação de valor de soluções inovadoras desenvolvidas em Portugal, e a promoção da visibilidade dos resultados de I&D das entidades do sistema científico nacional e da indústria na área dos dispositivos médicos de base tecnológica.

 

Para cumprir este objetivo ambicioso, o apoio do COMPETE 2020 é essencial e determinante para garantirmos a execução de uma componente muito significativa das ações que fazem parte do nosso plano de ação."

 

O Projeto

 

O objetivo central do projeto é a valorização do conhecimento desenvolvido na área dos Dispositivos Médicos de Base Tecnológica num conjunto vasto de entidades do sistema de I&I, através de processos de transferência de tecnologia ágeis e eficazes para o tecido empresarial.

 

Tendo em consideração o novo enquadramento regulamentar europeu e os custos de contexto ainda existentes em Portugal neste setor, torna-se necessário responder com um novo modelo de transferência do conhecimento científico e tecnológico. Este modelo parte de resultados da investigação já obtidos, mas ainda dispersos por várias entidades, cujo potencial é mais rapidamente demonstrado com desenvolvimentos incrementais orientados para a segurança do utilizador e para o mercado, nomeadamente preenchendo os requisitos regulamentares que são exigidos para a demonstração das evidências clínicas. Serão assim promovidos desenvolvimentos incrementais colaborativos quer para a conceção de novas soluções, quer para novas abordagens na sua usabilidade utilizando soluções existentes, que possam de forma isolada ou em conjunto conferir uma maior atratividade para o mercado.

 

Para estes desenvolvimentos incrementais a Associação Fraunhofer Portugal prevê organizar 3 projetos piloto para a transferência de conhecimento efetiva que se traduzam na introdução no mercado/utilizadores de 3 dispositivos médicos. Outro objetivo que decorre desta estratégia é a criação de uma rede nacional de transferência de conhecimento de dispositivos médicos, a MDevNet, no âmbito deste projeto, que possa após a conclusão do projeto continuar a desenvolver atividades focadas em processos de transferência de tecnologia mais eficazes e em desenvolvimentos colaborativos de soluções inovadoras, com a participação de outras entidades nacionais nesta área dos Dispositivos Médicos de Base Tecnológica.

 

O projeto MDevNet apresenta o racional dos modelos de interação universidade-indústria-governo quando se pretende explicar os desenvolvimentos estruturais nas economias baseadas no conhecimento. Neste caso poderemos referenciar o modelo de quádrupla hélice para as interações universidade-indústria-governo-sociedade (utilizadores). A hélice 'Universidade' é representada pelas entidades não empresariais do sistema de I&I na qual está inserido o promotor (Fraunhofer Portugal), enquanto a hélice 'Indústria' é representada pelas associações e clusters do setor e a hélice 'Governo' é representado pelas entidades regulatórias e entidades públicas recetoras das soluções. A quarta hélice é determinante para este projeto e representa os utilizadores, que irão ser os atores que irão usufruir das inovações desenvolvidas com esta nova abordagem de valorização do conhecimento existente. O projeto MDevNet irá contribuir para que os 'utilizadores' possam ter um acesso mais qualificado e mais rápido às inovações nos Dispositivos Médicos de Base Tecnológica proporcionando transferência de tecnologia, por um lado, mais focada nas necessidades expressas pela própria indústria e, por outro lado, mais adequada aos requisitos regulamentares europeus e, consequentemente, às empresas portuguesas que desta forma poderão evoluir para outros patamares de competitividade internacional.

 

Tendo em conta o diagnóstico efetuado à indústria europeia e a identificação das barreiras do sector em Portugal para concretizar o potencial existente nas atuais estruturas científicas e de inovação nacionais, o projeto MDevNet terá como grandes eixos de intervenção: (1) a interação e transferência de conhecimento com vista à sua valorização económica, incluindo atividades de rede, promoção nacional e internacional; (2) Ações de demonstração de desenvolvimento tecnológico com vista à sua valorização económica; e (3) Ações de disseminação e difusão de novos conhecimentos e tecnologias geradas no âmbito da I&D, para o tecido empresarial, que envolvam projetos piloto demonstradores, ações setoriais de experimentação ou ações de difusão de informação científica e tecnológica.

 

Do ponto de vista estratégico este conjunto de eixos de intervenção têm como objetivo potenciar a valorização económica de resultados de I&D que têm vindo a ser desenvolvidos pelas entidades do Sistema Científico e Tecnológico Nacional e reforçar a transferência de conhecimento científico e tecnológico para o sector empresarial promovendo dessa forma a geração de valor económico e a criação de postos de trabalho altamente qualificados no tecido empresarial nacional.

 

O Apoio do COMPETE 2020

 

O projeto conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas, envolvendo um investimento elegível de 856 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de 728 mil euros.

 

Por: Miguel Freitas

Fonte: Compete 2020, em 16 de Janeiro de 2018

 

 

Contactos
geral@ordemeconomistas.pt
Telf.: 213 929 470
Fax: 213 961 428
Rua Ivone Silva, Edifício Arcis, Nº 6 - 5º andar
1050-124 LISBOA
PORTUGAL
Horário dos serviços: Dias úteis (9h-13h / 14h30- 17h30)  Contactos dos Serviços:Telefones
Contacte-nos
para qualquer informação
newsletter
fique a par das últimas notícias