A UE deve concentrar o seu foco na inovação para enfrentar as mudanças climáticas
Jun, 08, 2021
O próximo pacote `Fit for 55' de regulamentos da UE vai ter um papel vital a desempenhar para apoiar a criação e implantação da inovação em energia limpa, escreve Peter Sweatman. O potencial de mercado para os líderes em produtos e serviços voltados para a tecnologia limpa e sem valor líquido deve ser de pelo menos € 800 mil milhões anuais entre 2030-50, de acordo com a CapGemini Invent. A Europa é um líder global indiscutível em tecnologias limpas, como a energia eólica offshore. Mas para garantir que as empresas e trabalhadores europeus possam competir numa economia global que será cada vez mais alimentada por inovações climáticas, muito mais precisa de ser feito, argumentam Peter Sweatman e Thomas Pellerin-Carlin. (Peter Sweatman is the CEO of Climate Strategy & Partners, a leading climate consultancy based in Madrid. Thomas Pellerin-Carlin is the director of the Jacques Delors Energy Centre at the Paris-based Think Tank Jacques Delors Institute). (DISCLAIMER: All opinions in this column reflect the views of the author(s), not of EURACTIV Media network). Por: Peter Sweatman e Thomas Pellerin-Carlin Fonte: EurActiv, em 3 de Junho de 2021 https://www.euractiv.com/section/energy-environment/opinion/eu-must-sharpen-its-focus-on-innovation-to-address-climate-change/

 

A UE deve concentrar o seu foco na inovação para enfrentar as mudanças climáticas

O próximo pacote ‘Fit for 55’ de regulamentos da UE vai ter um papel vital a desempenhar para apoiar a criação e implantação da inovação em energia limpa, escreve Peter Sweatman.
O potencial de mercado para os líderes em produtos e serviços voltados para a tecnologia limpa e sem valor líquido deve ser de pelo menos € 800 mil milhões anuais entre 2030-50, de acordo com a CapGemini Invent. 
A Europa é um líder global indiscutível em tecnologias limpas, como a energia eólica offshore. Mas para garantir que as empresas e trabalhadores europeus possam competir numa economia global que será cada vez mais alimentada por inovações climáticas, muito mais precisa de ser feito, argumentam Peter Sweatman e Thomas Pellerin-Carlin.

(Peter Sweatman is the CEO of Climate Strategy & Partners, a leading climate consultancy based in Madrid. Thomas Pellerin-Carlin is the director of the Jacques Delors Energy Centre at the Paris-based Think Tank Jacques Delors Institute).
(DISCLAIMER: All opinions in this column reflect the views of the author(s), not of EURACTIV Media network).

Por: Peter Sweatman e Thomas Pellerin-Carlin
Fonte: EurActiv, em 3 de Junho de 2021


https://www.euractiv.com/section/energy-environment/opinion/eu-must-sharpen-its-focus-on-innovation-to-address-climate-change/